//Perfil




BRASIL, Sudeste, LAVRAS, Delmir Rildo Alves, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, Arte e cultura
MSN -





//Links
- Projeto Refletindo
- Enquete
- Logotipo do BLOG
- Fotoblog
- Informativo O Social
- Atitude Social no Orkut
- Vídeos Legais!
- Bate Papo G.A.S
- Conselhos Sexuais

MSN: jovem-dez@hotmail.com

//Votação

- Dê uma nota para o meu blog
- Indique este blog


//Contador

//Histórico

- 03/08/2008 a 09/08/2008

- 20/07/2008 a 26/07/2008

- 15/06/2008 a 21/06/2008

- 25/05/2008 a 31/05/2008

- 11/05/2008 a 17/05/2008

- 04/05/2008 a 10/05/2008

- 16/03/2008 a 22/03/2008

- 10/02/2008 a 16/02/2008

- 03/02/2008 a 09/02/2008

- 13/01/2008 a 19/01/2008

- 06/01/2008 a 12/01/2008

- 30/12/2007 a 05/01/2008

//Mural



Concorda?

Concorda?

Você concorda com, Albert Einstein ?

 


Pergunta?
Você concorda com, Albert Einstein ?
Sim
Não

Resultado Parcial



- Postado por: Delmir Rildo Alves às 13h15
[ ] [ envie esta mensagem ]






vídeos

vídeos

 

Música Estudo Errado - Gabriel o Pensador

 

Bastante legal esse vídeo! É para pensar...

 Falar é fácil, vamos praticar!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

 Pesquisa Honestidade: o ato, qualidade, ou condição de ser honesto. Isto pode incluir ser a pessoa ou instituição verdadeira em seus atos e declarações, não propensa a enganar, mentir ou fraudar; sem malícia, ter caráter.



- Postado por: Delmir Rildo Alves às 07h04
[ ] [ envie esta mensagem ]






Vacina é única forma de evitar febre amarela; saiba mais

da Folha Online

O surgimento de casos de febre amarela no início deste ano provocou uma corrida aos postos de vacinação. A imunização é a única forma de evitar a doença.

O governo federal afirma que todos os casos confirmados são da forma silvestre --contraídos em matas localizadas em áreas de risco-- e descarta a possibilidade de uma epidemia. A forma urbana da doença não é registrada no país desde 1942.

A febre amarela é transmitida pela picada dos mosquitos transmissores infectados. Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo e hemorragias, além de pele e olhos amarelados.

A doença, que não possui tratamento específico, pode levar à morte. O paciente deve ser hospitalizado, permanecer em repouso com reposição de líquidos e das perdas sangüíneas, quando indicado, de acordo com o Ministério da Saúde.

A vacinação é indicada para todas as pessoas que viajam ou vivem em áreas consideradas de risco para a doença --regiões Norte, Centro-Oeste, Maranhão, Minas Gerais, sul da Bahia e do Espírito Santo e oeste do Piauí, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

A vacina é aplicada gratuitamente em postos de saúde de todos os municípios do país, além de salas de vacinação em portos, aeroportos e fronteiras. Pode provocar dor de cabeça, febre e mal estar em algumas pessoas.

A proteção vale por dez anos e deve ser tomada dez dias antes da viagem para a área de risco. A imunização, no entanto, é contra-indicada a gestantes, imunodeprimidos --pessoas com o sistema imunológico debilitado-- e pessoas alérgicas a ovo.

Saiba mais: UOL Busca Febre Amarela



- Postado por: Delmir Rildo Alves às 06h53
[ ] [ envie esta mensagem ]






         2008  Ano Internacional do Planeta Terra

 

                                Este ano, 2008, será o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT): Ciência da Terra pela Sociedade. A idéia de um programa científico global surgiu em continuidade ao XXI Congresso Internacional de Geologia, realizado na cidade
do Rio de Janeiro em 2000. A comemoração visa captar a imaginação do povo
com os conhecimentos sobre o nosso planeta. É um programa que visa utilizar
o conhecimento para a construção de uma Terra mais segura, saudável e
próspera para os nossos filhos e netos.

Com o apoio de 191 países, incluindo o Brasil, a decisão foi anunciada pela
Assembléia Geral das Organizações das Nações Unidas no passado. A ONU elegeu então, 2008 como o Ano do Planeta Terra, e destacou a Unesco para
representar o seu apoio aos ao programa científico, que será lançado
oficialmente em fevereiro em paris, como a presença de chefes de Estado de
todo o mundo, além de outras autoridades. O evento ocorrerá na Sede da
Unesco, e já está sendo considerado um marco histórico importantíssimo para
um direcionamento energético das ações humanas em favor da preservação
ambiental, da conservação dos recursos naturais e da qualidade de vida.

A ONU considera o Ano uma importante contribuição para os objetivos do
desenvolvimento sustentável, uma vez que irá promover a sábia utilização
sustentável da Terra. O Ano Internacional do Planeta Terra foi proclamado
pelo ONU para ocorrer no triênio 2007-2009, e tem por objetivos gerais
demonstrar o grande potencial das Ciências da Terra na construção de uma
sociedade mais segura, sadia e sustentada, e encorajar essa mesma sociedade
a aplicar esse potencial mais eficientemente em seu próprio benefício.

Entre os diversos objetivos estão: redução dos riscos dos desastres naturais
(ou induzidos) por meio do conhecimento existente ou adquirido; redução dos
problemas de saúde das populações através do entendimento dos aspectos
médicos das Ciências da terra; inovação na descoberta de recursos naturais
(sustentado); a construção de edificações mais seguras e a necessidade de
planejamento para a expansão urbana ordenada; a determinação de fatores
não-humanos nas mudanças climáticas; a inovação do conhecimento sobre a
ocorrência de recursos naturais (água subterrânea, depósitos minerais e
energéticos); e o incentivo ao conhecimento das condições especiais dos
fundos oceânicos relevantes para o entendimento da evolução da vida.

Em função desses objetivos, um grupo de especialistas mundiais selecionou 10
temas prioritários para as atividades a serem desenvolvidas pelas
instituições e empresas da área geocientífica: água subterrânea, desastres naturais, terra e saúde, clima, recursos naturais e energias, cidades, crosta e núcleo terrestres, oceanos, solos e terra e vida.

Brasil

No Brasil, a Academia Brasileira de Ciências (ABC) é a responsável por conduzir o tema, e a comissão nacional tem como presidente o acadêmico Díógenes de Almeida Campos e conta com a participação da acadêmica Maria Assunção Faus da Silva Dias, além de outros geocientistas. Envolvido no projeto, mas não na Comissão; a "equipe" da ABC ainda inclui o acadêmico Umberto Cordani , ligado ao ICSU e a programas científicos da Unesco. O geólogo Carlos Oiti Berbert, do MCT, vem tendo decisiva atuação junto à Comissão Brasileira, como representante da União Internacional de Ciências Geológicas (UIGS).

O Comitê Nacional para o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT) lançou o
programa no Brasil, oficialmente, no dia 25 de janeiro de 2007 com a
exposição sobre o tema "Planeta Terra", na Estação Ciência em SP.

Diversos eventos estão programados no Brasil em 2008, em comemoração ao
AIPT. Na iniciativa privada no Brasil o Banco Bradesco, por exemplo, lançou o
programa "Banco do Planeta", o qual já dispensou 70 milhões de reais para a
criação da Fundação da Amazônia Sustentável, em parceria com o Governo do
Estado do Amazonas. E ações estão programadas pelo Congresso Nacional, que
realizará sessão solene no mês de abril, para destacar o apoio do
legislativo nacional do Programa.

Estão envolvidos no promoção do Ano o Ministério de Ciência e Tecnologia
(MCT), o Ministério de Minas e Energia (MME), a Academia Brasileira de
Ciências (ABC), a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBP),
além das Sociedades Brasileira de Geologia (SBGeo), de Geoquímica (SBGq), de
Paleontologia (SBP), de Geofísica (SBGf), a Petrobras e o Instituto
Brasileiro de Mineração (IBRAM).

Ações

As atividades sobre os quatro grandes ambientes do Planeta já
começaram em janeiro deste ano e vão continuar até dezembro de 2009, com
maior concretação no próximo ano. O AIPT vai ser lançado oficialmente em
fevereiro, em data a ser definida, na sede da Unesco em Paris, com a
presença de chefes de Estado de todo o mundo e de outras autoridades.

Os países que vão participar dos eventos em comemoração ao AIPT realizaram
concurso público sobre o assunto escolhendo trabalhos de 350 estudantes
entre 18 e 22 anos. São textos, edições de CDs, vídeos, poemas, músicas,
pinturas, e desenhos relacionados a dez temas que envolvem as Ciências da
Terra. Do Brasil, foram selecionados trabalhos de três estudantes. Os jovens
estudantes vencedores estarão na França em Fevereiro para participarem do
lançamento do "Ano do Planeta Terra" na Unesco, junto com os chefes de
estado.

No Ano Internacional do Planeta Terra, o Programa também destacará a
preocupação científica com as regiões polares, principalmente a Antártica.
Há uma atenção especial aos estudos geológicos no Pólo Sul, pois a
compreensão de como evolui este continente, é importante para o Futuro do
Planeta Terra.

O evento pretende dar voz aos jovens das diferentes culturas do Planeta,
expondo o pensamento dos africanos, dos latinos, dos asiáticos, dos árabes,
dos americanos e dos europeus, sobre o Planeta Terra.

Para mais detalhes sobre o AIPT acesse www.yearofplanetearth.org. Mais
informações também podem ser obtidas com o coordenador geral das Unidades de Pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia, Carlos Oití, por meio do
endereço coiti@mct.gov.br.

Fontes: ABC - Acadêmia Brasileira de Ciências - www.abc.org.br



- Postado por: delmir.assistentesocial às 20h04
[ ] [ envie esta mensagem ]




//Quem sou
style="left: 691px; WIDTH: 147px; POSITION: absolute; TOP: 346px; HEIGHT: 17px"> Olá blz Olá blz